Idades Moderna > Contemporânea — Cronologia

Organizado por Fábio Conatus

[ Fontes: Cronologia do extinto Almanaque Abril, podcasts, artigos, livros. Palavras localizáveis pela busca do site e, uma vez na página, por Ctrl + F ]

Idade Moderna

  • 1500  |    O guru Nânak funda no Pundjab a fé sikh.
  • 1445  |    Os portugueses descobrem o Cabo Verde.
  • 1450  |    Gutemberg abre uma oficina de impressão, em que utiliza pela primeira vez os tipos móveis.
  • 1451 – 1481  |    Reinado de Maomé II, sultão otomano que termina a conquista do Império Bizantino e ocupa a maior parte dos Balcãs e dos territórios venezianos do Mar Egeu.
  • 1453  |    Constantinopla cai em poder dos turcos. Dá-se início ao Império Otomano, que durará até 1818.
  • 1462 – 1505  |    Reinado de Ivã III, o Grande, primeiro soberano nacional da Rússia.
  • 1469  |    Com o casamento de Fernando de Aragão e Isabel de Castela começa a unificação da Espanha.
  • 1471 – 1483  |    Com Topa Inca, o Império Inca anexa parte dos atuais Chile e Argentina.
  • 1485  |    Henrique VII funda a Casa de Tudor. Desenvolve a marinha inglesa e abala o sistema feudal proibindo exércitos particulares.
  • 1488  |    Bartolomeu Dias descobre o caminho marítimo para as Índias ao passar o Cabo da Boa Esperança, no sul da África.
  • 1492  |    Fernando e Isabel conquistam Granada, último baluarte mouro na Espanha.
  • 1492  |    Cristóvão Colombo descobre a América.
  • 1494  |    Tratado de Tordesilhas. Portugal e Espanha dividem o Novo Mundo.
  • 1497  |    O governo português expulsa os judeus que se recusam a se converter ao catolicismo.
  • 1499  |    O imperador Maximiliano I, do Sacro Império, reconhece a independência da Suíça.
  • 1500  |    É rezada a primeira missa no Brasil.
  • 1509  |    Perseguição dos judeus da atual Alemanha.
  • 1512-1517  |     O quinto Concilio de Latrão declara a imortalidade da alma e desarma o concílio cismático de Cisma.
  • 1516   |   Os germanos criam a lei de pureza da cerveja: a composição só poderia ter água, malte e  lúpulo.
  • 1517  |     Martinho Lutero, em protesto contra a venda de indulgências, afixa suas 95 Teses  na porta da igreja do  castelo de Wittenberg; início da Reforma.
  • 1517  |    Os atuais Egito e Iêmen tornam-se parte do Império Otomano.
  • 1519 – 1556  |    Reinado de Carlos V, imperador do Sacro Império. Governa os territórios espanhóis da Europa e da América e das terras dos Habsburgos na Europa Central.
  • 1520 – 1566  |    Reinado de Suleimã, o Magnífico, que conquista Belgrado, Rodes e Budapeste. Apogeu da cultura turca.
  • 1523  |    Gustav Eriksson estabelece a dinastia dos Vasa na Suécia.
  • 1526  |    Fernando I da Áustria é escolhido rei da Hungria, dando início ao domínio dos Habsburgo.
  • 1531  |    Henrique VIII, da Inglaterra rompe com Roma e funda a Igreja Anglicana.
  • 1531  |    Chega ao Brasil a primeira leva de luteranos.
  • 1533 – 1584  |    Reinado de Ivã IV, o Terrível, primeiro czar da Rússia. Inicia a luta contra o feudalismo e faz a paz com a Suécia e com a Polônia.
  • 1533  |    Fim do Império Inca, com a ocupação de Quito por Sebastián de Belalcázar.
  • 1534  |    Jacques Cartier explora o atual Canadá até 1536.
  • 1534  |    Inácio de Loyola funda a Companhia de Jesus.
  • 1536  |     João Calvino publica  ”A Instituição da Religião Cristã”, texto básico de sua doutrina.
  • 1541 – 1564  |    João Calvino chefia um estado teocrático em Genebra.
  • 1542  |    Henrique VIII da Inglaterra assume o título de rei da Irlanda.
  • 1543  |   Chegada dos portugueses ao atual Japão. Em 1549, São Francisco Xavier instala a primeira missão jesuítica no País.
  • 1545 – 1563  |    O Concílio de Trento, conhecido como Concílio da Contra-Reforma,  pronuncia-se sobre as doutrinas grandes reformadores.
  • 1549  |   São Francisco Xavier catequiza o Japão.
  • 1549  |  Chega ao Brasil a missão jesuítica chefiada pelo pa­dre Manoel de Nóbrega.   .
  • 1551  |     Criação, em Salvador, do primeiro bispado brasileiro.
  •  1553  |   Reinado de Maria Tudor, a Sangrenta, que restaura o catolicismo na Inglaterra e persegue os protestantes.
  • 1555  |   A  Paz de Augsburgo estabelece a liberdade de culto na atual Alemanha.
  • 1555   |    Chegada de calvinistas no Rio de Janeiro; é realizado o primeiro culto evangélico no Brasil.
  • 1562  |   As guerras de religião têm início na França. Em 1572, Catarina de Medici ordena o Massacre do Dia de São Bartolomeu. Os conflitos terminarão em 1598 com o Edito de Nantes, que assegura a tolerância religiosa.
  • 1566   |     Agitação calvinista na Holanda.
  • 1568  |   Tem início a guerra da independência da Holanda contra o domínio espanhol.
  • 1571  |   O líder indígena Tupac Amaru, suporsto herdeiro do trono inca, é capturado e morto no atual Peru.
  • 1581  |   As Províncias Unidas dos Países Baixos tornam-se independentes da Espanha.
  • 1582  |   Entra em vigor o calendário gregoriano nos Estados papais: Espanha, Portugal, França, Holanda e Escandinávia.
  • 1586   |     Formação do primeira Congregação Mariana do Brasil.
  • 1588  |   A Invencível Armada espanhola é derrotada pela frota inglesa, comandada por Sir. Francis Drake.
  • 1589  |   Henrique IV funda a dinastia Bourbon, que governará a frança até 1792.
  • 1591   |     Início da Inquisição no Brasil.
  • 1594  |   Giordano Bruno é preso pelo Vaticano por apoiar as teorias de Copérnico e queimado em 1600.
  • 1595  |   Os holandeses iniciam a colonização da Índias Orientais (atual Indonésia).
  • 1598   |   Edito de Nantes  garante aos hugenotes liberdade de culto. Fim das guerras religiosas na França.
  • 1611 – 1632   |   Reinado de Gustavo II. A Suécia se transforma numa grande potência europeia.
  • 1618   |   A Defestrenação de Praga, atentado em oposição ao Catolicismo na Boêmia (atual República Checa), é o pretexto para a Guerra dos Trinta Anos, da qual a Alemanha sairá devastada. A Paz de Vestfália (1648) reconhece a indpendência da Holanda e da Suíça e a autonomia dos Estados alemães.
  • 1620   |   Os emigrantes do “Mayflower” chegam à América do Norte, fundam a cidade de Plymouth e assinam a Mayflower Compact, a primeira Constituição colonial norte-americana.
  • 1624   |   O cardeal de Richelieu torna-se ministro de Luís XIII e consolida o poder absoluto do rei na França.
  • 1632   |   Galileu Galiei publica obras que confirmam as teorias astronômicas de Copérnico. É preso pela Inquisição e forçado a negar publicamente as suas ideias.
  • 1637   |     O Cristianismo é abolido no Japão.
  • 1640   |   Inicia-se a Revolução Puritana na Inglaterra. Em 1649, o rei Carlos I é decapitado e um regime parlamentar, sob Oliver Cromwell, durará até 1660.
  • 1640   |   Portugal revolta-se contra o domínio espanhol e recupera sua independência.
  • 1640  |     Organização da comunidade judaica no Recife.
  • 1643  – 1715  |   Reinado de Luís XIV.  Apogeu do absolutismo francês.
  • 1649   |   Oliver Cromwell confisca 90% das terras da Irlanda e as distribui a colonos ingleses protestantes.
  • 1652   |   Colonos holandeses fundam a Colônia do Cabo na atual África do Sul.
  • 1655   |   A Espanha perde a Jamaica para a Inglaterra.
  • 1660   |   Carlos II restaura a monarquia na Inglaterra.
  • 1666   |   Um incêndio destroi quase toda a cidade de Londres.
  • 1682  |     Mais de 50 mil huguenotes franceses são forçados à conversão.
  • 1682 – 1725   |   Reinado de Pedro, o Grande, que ocidentaliza a Rússia.
  • 1683   |   Viena repele o cerco dos turcos.
  • 1685  |     Luís XIV revoga o Edito de. Nantes, promulgado em 1598. Êxodo protestante na França.
  • 1686   |   Budapeste é libertada dos turcos, que cedem à Áustria a maior parte da Hungria e da Transilvânia.
  • 1688   |   A Revolução Gloriosa, contra Jaime II, termina quando Guilherme de Orange e Maria aceitam o trono inglês. Em 1689, assinam a Declaração de Direitos, mediante a qual se restringem os poderes reais.
  • 1688   |   William Dampier chega à costa nordeste da Austrália.
  • 1689   |   Pela Paz de Karlowitz, o Império Otomano cede a Hungria, a Croácia e a a Eslovênia para a Áustria, a Podólia e a Ucrânia para a Polônia e  o Peloponeso para Veneza.
  • 1700   |   Na Grande Guerra do Norte, a Rússia, a Polônia e a Dinamarca lutam contra a Suécia pela supremacia no Báltico. A Rússia fica fortalecida.
  • 1701   |   A Casa de Hohenzollern toma o poder na Prússia. Mantém-lo até 1918.
  • 1707   |   A Grâ-Bretanha é formada pela união da Inglaterra com a Escócia.
  • 1709   |   A vitória russa na batalha de Poltava marca o declínio da Suécia como potência europeia.
  • 1713 – 1740   |   Reinado de Frederico Guilherme I na Prússia. É fortalecido o poder militar do País.
  • 1715   |   Início do Iluminismoou Idade da Razão.
  • 1726   |   Os espanhóis fundam Montevidéo.
  • 1727  |     É feita a primeira plantação de café no Brasil. A produção se inicia em 1825.  [ v.    aqui e  aqui ]
  • 1740 – 1786   |   Reinado de Frederico, o Grande, que transforma a Prússia na principal potência militar europeia.
  • 1747   |   Na França, começa a ser publicada a “Enciclopédia”, um marco na preparação da Revolução de 1789.
  • 1750 (aprox.)   |   Inicia-se a Revolução Industrial na Inglaterra.
  • 1750   |   O Tratado de Madri fixa o limite das Américas portuguesa e espanhola.
  • 1751  |     Não é permitido aos católicos frequentar lojas maçônicas, segundo determinação do papa Benedito XIV.
  • 1754   |   Guerras entre franceses e indígenas na América do Norte. Em 1759 os franceses são derrotados na planície de Quebec. Os britânicos dominam o Canadá em seguida. Pelo ato de 1761, esse País é dividido em Superior (britânico) e Inferior (francês).
  • 1756   |   Guerra dos Sete Anos entre a Grâ-Bretanha e a França pelas possessões na América e na Índia. Encerrada pelo Tratado de Paris, de 1763, mediante o qual se concede à primeira a posse da Índia, do Canadá, do Senegal, de parte da Luisiana e das Antilhas.
  • 1759  |    Marquês de Pombal ordena a expulsão dos jesuítas do Brasil.
  • 1761  |    Termina a Inquisição no Brasil.
  • 1762 – 1796   |   Havana é ocupada por tropas britânicas.
  • 1763   |   Os espanhóis cedem aos britânicos a Flórida em troca da devolução de Havana.
  • 1766   |     O Marquês de Pombal fecha os noviciados de ordens religiosas no reino e no Brasil.
  • 1767   |   A Espanha expulsa os jesuítas de suas colônias.
  • 1772 – 1795   |   A Polônia é repartida entre a Rússia, a Áustria e a Prússia.
  • 1776   |   A Declaração da Independência dos Estados Unidos da América (EUA).
  • 1767   |   Criação do Vice-Reino do Rio do Prata, com capital em Buenos Aires e jurisdição sobre os atuais Uruguai, Argentina, Paraguai e Bolívia.
  • 1777   |   Pelo Tratado de Santo Idelfonso, a Espanha reconhece a perda do território conquistado na América do Sul por Portugal a oeste da linha de Tordesilhas.
  • 1779 – 1783   |  José Gabriel Tupac Amaru lidera uma rebelião para a criação de um Estado indígena independente no Peru. É capturado e executado.

 

 

Idade Contemporânea (1) — da Revolução Francesa à Segunda Guerra Mundial

  • 1789  |    A Revolução Francesa
  • 1795  |     É garantida a liberdade de culto na França.
  • 1796  |     Napoleão Bonaparte é nomeado comadante-em-chefe do Exército para campanha da Itália.
  • 1798  |    Literature – Lyrical Ballads is published by Willliam Wordsworth and Samuel Coleridge [ here ]
  • 1798  |    Bonaparte dá o golpe do 18 Brumário.
  • 1800  |    O Reino Unido é formado pela união da Grã-Bretanha (Inglaterra, País de Gele e Escócia) à Irlanda do Norte.
  • 1800  |     O papa Pio VII dirige aos fiéis a encíclica “Diu satis”, com o objetivo de manter a unidade ameaçada da Igreja.
  • 1801  |     É instalada a primeira loja maçônica no Brasil.
  • 1803  |    Os EUA compram a Luisiana da França. Início da ocupação do meio-oeste norte-americano, que durará até 1850.
  • 1804  |    Napoleão coroa-se Imperador da França.
  • 1806  |    Francisco II renuncia ao título de Imperador do Sacro Império Romano-Germânico.
  • 1807  |    A Espanha adere ao bloqueio continental à Grã-Bretanha decretado por Napoleão.
  • 1808  |    Portugal é invadido por Napoleão por ter se recusado  a aderir ao bloqueio continental contra a Grã-Bretanha.
  • 1809  |    A Suécia concede à Rússia o grão-ducado da Finlândia.
  • 1810  |    A  Argentina proclama sua indpendência, formalizada em 1816.
  • 1812  |    Os EUA declaram guerra à Grâ-Bretanha, acusando-a de romper a neutralidade nos mares e de tentar lhes impor um bloqueio.
  • 1812  |    Napoleão invade a Rússia e sofre derrota desastrosa.
  • 1813  |    A Prússia declara guerra ao Império Napoleônico.
  • 1814  |    Napoleão abdica e é sucedido por Luís XVIII.
  • 1814  |    A Noruega é cedida à Suécia pela Dinamarca, derrotada nas guerras napoleônicas.
  • 1814  |   O Congresso de Viena [ Deustche Welle]
  • 1815  |   A Confederação Germânica [ Angelina Wiitmann]
  • 1815  |    Napoleão volta da ilha e Elba, é derrotado em Waterloo pelos britânicos e prussianos, abdica pela segunda vez e é aprisionado na ilha de Santa Helena, onde morre em 1821.
  • 1815  |    A Suíça declara sua neutralidade perpétua.
  • 1818  |    França é readmitida no concerto das nações europeias.
  • 1818  |    Inicia-se a  imigração helvética no Brasil
  • 1819  |    Os EUA compram a Flórida da Espanha.
  • 1819  |    É fundada a República da Grã-Colômbia, sob a presidência de Simon Bolivar, que derrotara os espanhóis em Boyacá.
  • 1821  |    Portugal anexa o atual Uruguai ao Brasil como a Província Cisplatina.
  • 1821  |    Os austríacos derrotam os napolitanos em Reiti e os piemonteses em Novara.
  • 1822  |    É proclamada a independência da Grécia. Os turcos fazem um grande massacre em Chio.
  • 1823  |    O presidente dos EUA, James Monroe, formula a doutrina Monroe: qualquer tentativa de colonizar a América será considerada um ato hostil aos EUA.
  • 1824  |     O Catolicismo torna-se religião oficial no Brasil.
  • 1824  |     É estabelecida a Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil
  • 1831  |     Em 1831, Dom Pedro I abdicou do trono porque as elites locais estavam em conflito entre si e em conflito com o poder central. Deixou um filho menor de idade, de cinco anos, para ser seu sucessor, na forma constitucional, e houve a Regência. Primeira Regência, Segunda Regência, Regência Una etc. Houve o Ato Adicional nº 1, de 1834, que deu mais poder às províncias, às elites locais, e depois houve o Regresso, em 1841. Depois Pedro II começou a administrar, com muita habilidade, os gabinetes, conservadores e liberais, no sistema parlamentarista do Império, de uma monarquia parlamentarista que vigorou no Brasil até a proclamação da República, em 1889.
  • 1829 – 1852 |    Juan Manoel de Rosas toma o poder em Buenos Aires e governa ditatorialmente a Argentina até 1852.
  • 1830  |     É fundada nos Estados Unidos a sociedade religiosa dos mórmons.
  • 1830  |      Fundação do primeiro centro de Candomblé no Brasil, o Ilé Axé Ian Nasso-Oka (Casa Branca), matriz da nação nagô, em Salvador.
  • 1837 – 1901  |   Reinado da rainha Vitória.  A Grã-Bretanha vive uma fase de grande expansão industrial e colonial.
  • 1838  |    A Convenção de Dresden estabelece a unidade monetária na Alemanha.
  • 1839 – 1842  |    Guerra do Ópio entre a Grã-Bretanha e a China. Termina em 1842 com o Tratado de Nanquim, segundo o qual os britânicos adquirem concessões comerciais em Hong Kong.
  • 1840  |    Os britânicos se instalam na Nova Zelândia.
  • 1844  |     Inicia-se a imigração no Vale do Itajaí [ Angelina Wittmannm]
  • 1846  |     Guerra entre os EUA e o México. Termina em 1848 com o Tratado de Guadalupe-Hidalgo, pelo qual  o Novo Méxic e  a Califórnia passa a territórios e o Texas a possessão norte-americanos.
  • 1846  |    Na Polônia, fracassa a Conspiração de Pose e Cracóvia é anexada pela Áustria.
  • 1847  |   O início da imigração germana no Espírito Santo [ v.aqui aqui ]

 

  • 1848  |    O conservador Benjamin Disraeli se torna o primeiro-ministro da Grã-Bretanha.
  • 1850 – 1890  |  Conquista do oeste norte-americano [cf. centro-oeste em ponto anterior].  Guerra contra tribos indígenas.
  • 1852 – 1870  |      Luís Napoleão dá um golpe: a Assembleia é dissolvida, os líderes republicanos presos e exilados. Reestabelece o Império e é coroado como Napoleão III. Reina até 1870.
  • 1857  |     Allan Kardec publica o livro Livro dos Espíritos, texto  básico do espiritismo.
  • 1858  |    Na cidade francesa de Lourdes, Bernadette Soubirous afirma ter visto a Virgem Maria.
  • 1859  |    É estabelecida a Igreja Presbiteriana do Brasil.
  • 1859  |    Darwin publica a Teoria da Evolução  [ Deutsche Welle,  La Nacion]
  • 1861 – 1863  |    Guerra de Secessão nos EUA.
  • 1862  |    Otto von Bismarck torna-se chanceler da Prússia com o objetivo de unificar a Alemanha.
  • 1862  |    Solano López leva o Paraguai à derrota contra a Tríplice Aliança.
  • 1863  |     Mirzá Hussein funda  a Fé Bahai.
  • 1864  |    A  I Internacional é organizada em Londres, sob a liderança de Karl Marx.
  • 1865  |    Guerra do Paraguai.
  • 1865  |    A Constituição sueca sofre reforma democratizante.
  • 1867  |    Estabelecimento da Igreja Metodista do Brasil.
  • 1867  |    Pelo Ato Britânico da América do Norte, o Canadá é transformado numa confederação.
  • 1867  |    Fundado o Império Austro-Húngaro.
  • 1869 – 1870  |    O Concílio Vaticano I proclama a infalibilidade doutrinária do papa e define a extensão do po­der do primado papal.
  • 1871  |    Fundação da seita religiosa das Testemunhas de Jeová.
  • 1871  |    Chega ao Brasil a primeira leva de ortodoxos.
  • 1871  |    O papa Pio IX proíbe aos católicos a participação na vida politica.
  • 1871  |     Império Alemão  [  The Guardiian;  Wikipedia]
  •           |   Wagner
  • 1874  |    Helena Blavatski funda a Sociedade Teosófica em Nova Iorque.
  • 1879  |    Instalação da primeira Igreja Batista do Brasil.
  • 1883  |     Chegada dos salesianos ao Brasil.
  • 1890  |    É criada a Igreja Episcopal do Brasil
  • 1891  |   Brasil — Deodoro renuncia e seu vice, Floriano Peixoto, passa por duas grandes revoltas, a da Armada, que pedia a volta da monarquia, e a dos federalistas, no Sul do país.
  • 1891  |    Constituição brasileira determina a separação da Igreja e do Estado.• 1894 — 1898  |   Brasil — Presidência de Prudente de Morais, primeiro presidente eleito pelo povo. Período de instabilidade, inclusive licença-saúde e até tentativa de assassinato. Durante sua Presidência, eclodiu a Guerra de Canudos, na Bahia.
  • 1897  |    Os alemães tomam Kiaotcheu na China.
  • 1897  |    O I Congresso Israelita Internacional, realizado na Basiléia, funda o movimento sionista. Os sionistas, que desde 1897 reivindicavam um estado para os judeus.
  • 1898  |    Guerra Hispano-Americana. O Tratado de Paris, que põe fim ao conflito, concede aos EUA Porto Rico, Guam e as Filipinas.
  • 1898  |    O ressentimento contra a influência estrangeira na China provoca a Rebelião dos Boxers.
  • 1898 – 1902  |   Brasil — Presidência de Campos Salles. Para ter estabilidade, criou a malfadada política dos governadores.
  • 1899  |    O Burundi passa a integrar a África Oriental Alemã.
  • 1899  |    Começa a Guerra dos Boxers.
  • 1901  |    Unificação da ortografia alemã [DW]
  • 1902  |    Proclamada a República de Cuba.
  • 1902 – 1906  |   Brasil — Presidência de  Rodrigues Alves. Enfrentou a Revolta das Vacinas e a primeira greve na capital da República.
  • 1903  |    Os sociais-democratas russos realizam o seu segundo congresso em Londres e cindem-se em mencheviques e bolcheviques (maioria). Os últimos dão origem ao Partido Comunista.
  • 1903  |    Pogroms (perseguições antisemitas) na Rússia.
  • 1904  |    Início da Guerra Russo-Japonesa.
  • 1904  |    Grã-Bretanha e França assinam a Entente Cordiale, que se torna a Tríplice Entente com a adesão da Rússia.
  • 1904  |    Sun Yatsen funda o Kuomintang (Partido Nacional Chinês).
  • 1905  |    A Noruega separa-se da Suécia e torna-se independente. O príncipe Carlos, da Dinamarca, sobe ao trono norueguês como Haakon VII.
  • 1906  |    Tropas norte-americanas intervêm em Cuba, onde ficarão até 1909.
  • 1906 – 1909  |   Brasil — Presidência de Afonso Pena. Administrou, com recursos do Banco do Brasil, a guerra econômica da política de valorização do café decorrente do Convênio de Taubaté.
  • 1908  |     O Budismo é introduzido no Brasil.
  • 1909 – 1910  |   Brasil — Presidência de Nilo Peçanha. Teve de intervir em alguns estados para garantir a posse de governadores (na época, “presidentes”) aliados.• 1912  |    Os EUA intervêm em Honduras, Cuba e Nicarágua.
  • 1910 – 1914  |   Brasil — Presidência de Hermes da Fonseca. Enfrentou a Guerra do Contestado, em Santa Catarina, entre 1912 e 1916, uma guerra entre dois estados e a União. Além da Revolta da Chibata. Com Venceslau Brás, as primeiras greves gerais de vulto do país, e o Brasil declarou guerra à Alemanha.
  • 1914  |    O assassinato do arquiduque austríaco Francisco Ferdinando é o estopim da I Guerra Mundial. (v. matéria aqui)
  • 1914  |    Aberto do Canal do Panamá.
  • 1914  |    A  Alemanha declara guerra à Rússia e invade a Bélgica.
  • 1914  |    O Japão declara guerra à Alemanha e ocupa as ilhas Palau, Carolinas e Marshall.
  • 1914  |    A Primeira Grande Guerra leva fome e desespero ao Líbano. (v. vídeo aqui )
  • 1914 – 1918  |   Brasil — Presidência de Venceslau Brás.
  • 1915  |    A prisão de 200 intelectuais e líderes da comunidade armênia de Constantinopla marca o início do grande genocídio que, nos próximos anos, reduzirá de 2 milhões para 65 mil o número de armênios vivendo no Império Otomano.
  • 1916  |    Revolta da Páscoa na Irlanda contra o domínio britânico.
  • 1917  |    Aleksandr Kerenski proclama a República na Rússia.
  • 1917  |    Os bolcheviques tomam o poder na Rússia. Lênin torna-se chefe do governo.
  • 1917  |    Com a revolução russa, o governo de direita da Finlândia declara a independência do País.
  • 1917  |    Tropas norte-americanas intervêm em Cuba.
  • 1918  |    Brasil declara guerra ao Império Alemão (v. matéria aqui)
  • 1918  |    Assinado o Tratado de Brest-Litovsk entre a Rússia e a  Alemanha, mediante o qual os russos perdem a Polônia, a Ucrânia. A Tchecoslováquia torna-se independente.
  • 1918  |    A Alemanha assina armistício. Fim da Primeira Guerra Mundial.
  • 1918  |    Forças anglo-francesas ocupam o Líbano depois do colapso do Império Otomano.
  •  1918  |    Brasil — Rodrigues Alves é eleito novamente, em 1918, mas não assume, pois contrai a gripe espanhola e morreu dois meses depois. Assumiu o vice, Delfim Moreira.
  •  1918 – 1919  |    Brasil — Presidência interina de Delfim Moreira
  •  1919  |   How the First World War reshaped Europe [  The Economist]
  • 1919  |    Fundação da III Internacional (Komintern)
  • 1919  |    Estabelecimento da República de Weimar na Alemanha.
  • 1920  |    As antigas colônias alemãs da África tornam-se mandatos britânicos.
  • 1920  |    Pelo Tratado de Sèvres, o Império Otomano, derrotado na I Guerra Mundial, perde a maior parte de suas possessões. O Líbano e a Síria tornam-se mandatos franceses pelo Acordo de San Reno. A Mauritânia se torna colônia da França. O Iraque, mandato britânico. Pelo Tratado de Trianon, a Hungria perde um terço de sua população.
  • 1921  |    A Mongólia proclama a sua independência da China.
  • 1922  |    Benito Mussolini, fundador do fascismo, torna-se primeiro-ministro da Itália.
  • 1922  |    Assassinado ministro da República de Weimar [  Deutsche Welle]
  • 1922  |    Os nacionalistas turcos proclamam a República.
  • 1922  |    A Rússia se torna a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS).
  • 1919 – 1922  |    Brasil — Presidência de Epitácio Pessoa. Revoltas militares, com os 18 do Forte de Copacabana. Houve Estado de Sítio.
  • 1922 – 1926  |    Brasil — Presidência de Artur Bernardes. Muita instabilidade política e várias revoltas tenentistas. Governou três anos e meio sob Estado de Sítio. Tem início a Coluna Prestes.
  • 1923  |    Tropas francesas e belgas ocupam a região do Ruhr, na Alemanha, para forçar o pagamento de reparações de guerrra.
  • 1923  |    Lênin abandona o poder na URSS. Stálin assume a liderança do Partido Comunista (PC).
  • 1923  |    Putsch da Cervejaria: Tentativa frustrada de Adolf Hitler de assumir o poder na Alemanha.
  • 1923 |    No Rio Grande do Sul, houve uma guerra em razão da quinta candidatura à reeleição de Borges de Medeiros, a Revolta de 1923, que terminou com o Pacto de Pedras Altas, estando Getúlio Vargas e Assis Brasil em lados opostos.
  • 1924  |    Assinado o Acordo de Reparação de Guerra entre os aliados e a Alemanha.
  • 1924 |    Em 1924, a cidade de São Paulo foi bombardeada. Milhares ficaram feridos e centenas morreram. Trezentos mil habitantes saíram de lá.
  • 1925  |    Trotski é afastado de suas funções de comissário do povo na URSS.
  • 1926  |    O governo branco da África do Sul aprova a legislação segregcionista (apartheid).
  • 1926  |    O general Gomes da Costa organiza uma marcha sobre Lisboa e toma o poder em Portugal.
  • 1927  |    Os EUA desembarcam tropas na Nicarágua e a ocupam até 1932. Surge nas montanhas um exército guerrilheiro liderado por Augusto César Sandino..
  • 1928  |    Stálin anuncia o primeiro plano quinquenal.soviético. Dá início à coletivização das terras.
  • 1929  |    A desvalorização maciça e repentina das ações no mercado de Nova Iorque dá início à Grande Depressão.
  • 1930  |    Ho Chi Minh funda o Partido Comunista Indochinês.
  • 1926 – 1930  |     Brasil — Presidência de Washington Luís, deposto pela Revolução de 30 antes de dar posse a Júlio Prestes, Presidente eleito.
  • 1930  |    Termina a ocupação aliada na Alemanha.
  •           |   Berlin, anos 30
  • 1930 – 1945  |   Brasil — Presidência de Getúlio Vargas. Revoltas em São Paulo, Rio Grande do Sul, revolta em Fortaleza, revolta em Manaus.
  • 1932 – 1935 |    Motivada por disputa territorial, dá-se a Guerra do Chaco entre Bolívia e Paraguai.
  • 1932  |    Antônio de Oliveira Salazar torna-se o primeiro-ministro de Portugal. Governa como ditador de ___ a 1938.
  • 1932  |    Guerra entre a Colônia e o Peru pela região de Letícia, na Amazônia. Termina em 1934 com a intervenção da Liga da Nações.
  • 1932  |    Brasil — Dá-se a Revolução paulista de 32 para pedir a Constituinte, que não fora convocada como prometido por Getúlio. Embora derrotado do ponto de vista militar, São Paulo saiu vitorioso do ponto de vista dos interesses paulistas.
  • 1933  |    Franklin Roosevelt põe em prática do New Deal, plano para superar a severa crise econômica.
  • 1933  |    Os EUA se retiram da Nicarágua depois de criar a a Guarda Nacional, comandada por Anastasio Somoza.
  • 1933  |    Adolf Hitler se torna chanceler da Alemanha. Os nazistas inceideiam o Reichtag (parlamento alemão).
  • 1933  |    Salazar cria o fascista Estado Novo em Portugal.
  • 1934  |    Tem início a Grande Marcha, liderada por Mao Tse Tung, Lin Piao e Chu Enlai. (v. Revolução Chinesa)
  • 1934  |    Hitler se torna o Füher [  Luís Nassif]
  • 1934  |    Estabelecido o Pacto Nacional, o poder no Líbano é exercido proporcionalmente por cada um dos grupos étnicos do País.
  • 1935  |    É montada a Torre Eiffel. Trata-se da primeira estação regular de televisão do mundo.
  • 1935  |    A Pérsia passa a chamar-se Irã.
  • 1935  |   Nazistas retiram a cidadania de escritores e oposicionistas (v. aqui)
  • 1936  |    Francisco Franco desencadeia a Guerra Civil Espanhola.
  • 1936  |    Forma-se o eixo Berlim-Roma. O Japão e ele adere em 1940.
  • 1936  |    O comandante da Guarda Nacional, Anatasio Somoza Garcia, toma o poder na Nicarágua.
  • 1937  |    A Luftwaffebombardeia a destroi a cidade de Guernica.
  • 1937  |    Brasil — Em 1938, pela Constituição de 34, haveria eleição, mas um ano antes Getúlio dá um golpe de Estado e o Brasil entra no Estado Novo, com o fechamento de todas as eleições.
  • 1945  |    Brasil – Em outubro de 1945, Getúlio é deposto pelos militares para que não influenciasse nas eleições marcadas para o dia 2 de dezembro daquele mesmo ano. Assumiu a Presidência José Linhares, do STF, que passou a faixa para o presidente eleito, Eurico Gaspar Dutra. Em 1950, Getúlio foi eleito e voltou ao poder.
  • 1938  |    Acordo de Munique, assinado por Grã-Bretanha, França, Itália e Alemanha, mediante o qual se decide a partilha da Tchecoeslováquia. Os Sudetos passam à Alemanha e os territórios eslovacos à Hungria.
  • 1938   |   Progromnacht[documentário (em alemão) para baixa]
  • 1939  |    Tropas alemãs invadem a Polônia. A França e a Grã-Bretanha declaram guerra à Alemanha, com o que se inicia a Segunda Guerra Mundial
  • 1940  |    Charles de Gaulle cria em Londres as Forças Francesas Livres. O governo francês colaboracionista dos alemães, de Henri Pétain, instala-se em Vichy.
  • 1940  |    Fulgêncio Batista é eleito presidente de Cuba.
  • 1940  |    Lev Totski é assassinado na Cidade do México.
  • 1940  |    Os alemães isolam do restante da cidade o gueto judeu de Varsóvia.
  • 1941  |    Ocupação anglo-soviética do Irã.
  • 1943  |    A retirada alemã do Cáucaso e a capitulação em Stalingrado marcam o início da reação dos aliados na Segunda Guerra Mundial.
  • 1944  |    A Islândia torna-se independente.
  • 1944  |    A Finlândia capitula para as tropas soviéticas.
  • 1944  |  O atentado contra Hitler e a importância da resistência ao nazismo [   Deutsche Welle]
  • 1945  |    A Áustria proclama sua independência.

 

Idade Contemporânea (2) — Pós-Guerras Mundiais em diante

 

  • 1945  |    Vitória dos aliados na Segunda Guerra Mundial. Conferência de Potsdam. Churchill, Truman e Stálin determinam a reorganização da Alemanha.
  • 1945  |    Excomungado devido a posições de diver­gência em relação à Igreja Católica, o bispo Carlos Duarte Costa funda a Igreja Católica Apostólica Brasi­leira.
  • 1945  |    Ho Chi Minh proclama a independência do Vietnã do Norte. O imperador de Anã, Bao Dai, passa a reinar sobre o Vietnã do Sul.
  • 1945  |    Pressões militares forçam a renúncia em 12-10 do coronel Juan Dominguo Péron à vice-presidência da Argentina. Um golpe chefiado por outro grupo de milatares leva Péron ao poder em 17-10.
  • 1945  |    Torna-se efetiva a independência do Líbano, formalmente concedida em 1941.
  • 1946  |    Tribunal de Nuremberg.
  • 1946  |    O radical Gabriel González Videla é eleito presidente do Chile.
  • 1946 – 1951  |    Brasil — Presidência de Eurico Gaspar Dutra
  • 1946 – 1954  |    Guerra da Indochina.
  • 1947  |    Plano Marshall: O secretário de Estado norte-americano Geroge Marshall propõe um plano de reconstrução econômica da Europa Ocidental.
  • 1947  |    A Organização das Nações Unidas (ONU) aprova um plano de partilha da Palestina.
  • 1947  |    A Nova Zelândia torna-se independente.
  • 1948  |    Mohandas Gandhi assassinado por um fanático.
  • 1948  |    Fundado o Estado de Israel.

Era 14 de maio de 1948 quando a Organização das Nações Unidas decidiu criar por decreto o estado de Israel, dividindo o território ocupado pelos palestinos em dois, com a participação decisiva do brasileiro Osvaldo Aranha, então representante brasileiro na ONU. Foi por conta de uma manobra feita por Aranha que a votação aconteceu e deu vitória ao sionismo. Segundo a organização haveria dois estados: um árabe e um judeu. A proposta era uma espécie de reparação pelo horror vivido pelos povo judeu na grande guerra provocada pelos nazistas. Ocorre que a terra não era um espaço vazio. Ali viviam as famílias palestinas desde há séculos, plantando suas oliveiras, criando suas cabras e conversando nas calçadas sorvendo o chá de hortelã ou maramiah.

A ação da ONU, obviamente proposta pelos Estados Unidos, obedecia a um interesse menos nobre do que garantir morada a um povo que estava espalhado pelo mundo, e que havia sofrido o holocausto. Eles queriam naquele espaço garantir uma porta de entrada segura para o Oriente Médio, onde estava o petróleo. Criar um estado artificial, aliado, foi uma jogada de mestre. O país do “tio Sam” aparecia ao mundo como o grande responsável pela vitória contra os nazistas e, com essa atitude, posava de humanitário mais uma vez.

Só que com a criação do estado artificial foi preciso expulsar das terras as pessoas que ali viviam: os palestinos. Assim, em poucos dias foi criado um terreno de horror e guerra, com a fuga em massa de mais de 800 mil pessoas por conta da invasão dos judeus. Outros tantos judeus foram trazidos para as propriedades palestinas, visando invadir o máximo possível de terras. Em menos de um ano, o novo estado, comandando pela religião judaica, se estabelecia, vitorioso.

 

  • 1948  |    A Ioguslávia rompe com a URSS e é expulsa do Kominform
  • 1948  |    Tropas soviéticas bloqueiam Berlim Ocidental. É organizada uma ponte aérea para abastecer a cidade.
  • 1949  |    Konrad Adenauer torna-se o primeiro chanceler da recém-criada República Federal da Alemana (RFA)
  • 1949  |    A parte da Alemanha ocupada pelos soviéticos reclama a sua autonomia e proclama a República Democrática Alemã (RDA; na sigla em alemão, DDR)
  • 1950  |    Começa a Guerra da Coreia
  • 1950  |     É votada nos EUA a lei sobre as atividades antiamericanas, conhecida como Lei McCarthy
  • 1950  |    A China invade o Tibete
  • 1950  |     Lafayette Ron Hubbard cria a doutrina Ciência Cristã.
  • 1951 – 1954  |   Brasil — Presidência de Getúlio Vargas
  • 1951  |    Tratado de Paris: cria-se a Comunidade Europeia do Carvão e do Aço (CECA), embrião da futura União Europeia
  • 1951  |    Churchill torna-se primeiro-ministro
  • 1951  |    Péron é eleito presidente da Argentina
  • 1952  |     É criada a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.
  • 1952  |   Passa-se a celebrar  anualmente na Alemanha  um Dia do Luto Nacional  para render homenagem aos caídos em ambas as guerras mundiais e às vítimas do nacional-socialismo. (v. aqui)
  • 1952  |    Morre Eva Duarte Péron, esposa do presidente da Argentina Juan Domingo Péron adorada pelo povo argentino
  • 1953  |    Morte de Stálin. Malenkov o substitui na presidência do Conselho de Ministros
  • 1954  |    Guerra pela autodeterminação da Argélia
  • 1954 – 1955  |    Presidência de Café Filho. Como interno, depois do suicídio de Vargas. Em novembro de 1955, é afastado da presidência por motivos de saúde. Assume o presidente da câmara, Carlos Luz, deposto pelo General Lott por tentar impedir a posse do presidente eleito Juscelino Kubitschek.
  • 1955  |    Churchill renuncia ao cargo de primeiro-ministro
  • 1955  |    Constituído o Pacto de Varsóvia, a aliança defensiva dos países do Leste Europeu
  • 1955  |    A Áustria proclama neutralidade perpétua.
  • 1956  |    A URSS restitui os territórios da Finlândia ocupados durante a II Guerra Mundial
  • 1956  |    Nikita Kruchóv denuncia ao stalinismo no XX Congresso do Partido Comunista.
  • 1956  |    A China acusa da URSS de revisionismo
  • 1956  |    O Marrocos torna-se independente
  • 1956  |    Guerrilheiros chefiados por Fidel Castro inciam nas montanhas de Sierra Leoa o combate à ditadura de Fulgencio Batista
  • 1956 – 1961 |    Brasil — Presidência de Juscelino Kubitschek
  • 1957  |    Batalha de Argel
  • 1957  |    Tratado de Roma: Cria-se a Comunidade Econômica Europeia (CEE), que também serviu de base para a atual União Europeia
  • 1958  |    De Gaulle cria a Comunidade Francesa: o primeiro passo para a descolonização da África
  • 1958  |    Leonel Brizola é eleito Governador do Rio Grande do Sul
  • 1959  |    Instituído o Mercado Comum Europeu (MCE)
  • 1959  |    As forças de Fidel Castro entram em Havana
  • 1959  |     O Dalai Lama, chefe supremo do Lamaísmo, foge do Tibete para escupar da perseguição chinesa.
  • 1960  |    Fundada a Frente Nacional de Libertação do Vietnã
  • 1961  |    O xá Reza Pahlevi incia a “revolução branca”, que visa à modernização do Irã
  • 1961  |    Israel incia o julgamento de Adolf Eichmann, responsável pelo Escritório Central de Segurança do III Reich
  • 1961  |    Um grupo de exilados cubanos e mercenários patrocinados pelos EUA desembarca na Baía dos Porcos, na costa sul de Cuba. Os invasores são repelidos.
  • 1961  |    Construção do Muro de Berlim
  • 1961  |   Brasil — Presidência de Jânio Quadros por apenas oito meses, pois renuncia. Assumiria o vice João Goulart, que estava na China. Os ministros militares impõem um governo parlamentarista. Leonel Brizola comanda a campanha da legalidade em favor da posse de Goulart.
  • 1961 – 1964  |   Brasil — Presidência de João Goulart. Depois de plebiscito em que vence o presidencalismo, ele assume a Presidência com plenos poderes.
  • 1962  |    Fundação na Nicarágua da Frente Sandinista de Libertação Nacional
  • 1962  |     O caso Der Spiegel
  • 1962  |    Conflito armado entre China e Índia provocado pela disputa de territórios fronteiriços
  • 1962  |   Brasil — Leonel Brizola é eleito Deputado Federal da Guanabara.
  • 1963  |    Assassinato de John Kennedy
  • 1964  |    Fundação da Organização para a Libertação da Palestina
  • 1964  |    Eleição do democrata-cristão Eduardo Frei como presidente do Chile.
  • 1964  |   Brasil — O Presidente João Goulart é deposto. Leonel Brizola tenta organizar a resistência armada, mas Goulart, contrário à idea, foge para o Uruguai. Brizola é cassado e foge para o Uruguai.
  • 1964  |   Brasil — Depois de golpe militar, Castelo Branco é eleito presidente pelo Congresso inicialmente com a intenção de devolver o poder aos civis em curto período. Mas Costa e Silva não aceita essa devolução, e os atos institucionais vão-se recrudescendo.
  • 1967  |   Brasil — Leonel Brizola teria feito acordo com Fidel Castro para a promoção de um movimento guerrilheiro no Brasil contra a ditadura financiado por Cuba. A ajuda cubana teria chegado a um milhão de dólares.
  • 1969  |   Brasil — Costa e Silva adocece. Deveria assumir  o vice, um civil, Pedro Aleixo. Uma junta militar não deixa Aleixo assumir e edita a Emenda 1 de 69, que era na verdade um novo texto constitucional.
  • 1966  |    O Congresso Mundial Judaico, em Bruxelas. promo­ve o entendimento cristão-judaico.
  •           |     Os espiões na Alemanha Oriental
  •           |     Como a Alemanha Oriental “vendia” pessoas contrárias ao regime
  • 1966  |     Paulo VI recebe o arcebispo de Canterbury; é o pri­meiro papa a conferenciar com o chefe da Igreja Anglicana.
  • 1966  |    É inciada a Revolução Cultural na China
  • 1967  |    Guerra dos Seis Dias entre Israel e os países árabes
  • 1968  |    Campanha dos direitos civis na Irlanda do Norte provoca a luta entre protestantes e católicos
  • 1968  |     Assassinato do pastor Martin Luther King
  • 1968  |     Tropas do Pacto de Varsóvia invadem a Tchecoslováquia
  • 1969  |     Francisco Franco designa o príncipe Juan Carlos de Borbón como o futuro rei da Espanha
  • 1970  |     Início das conversações entre Bonn e Berlim Oriental, à luz dos princípios da Ostpolitik formulados pelo chanceler Willy Brandt, da Alemanha Ocidental
  • 1970  |     O senador socialista Salvador Allende é eleito presidente do Chile. Em 1971, nacionaliza as empresas estrangeiras que exploram o cobre no País.
  • 1971  |     O general Juan Domingo Péron volta a Buenos Aires. Terminam 17 anos de exílio.
  • 1973  |     Willy Brandt, chanceler alemão, em Israel
  • 1973  |     Fim da participação norte-americana na Guerra do Vietnã.
  • 1973  |     Golpe no Chile derruba o governo de Allende. Em 1974, o general Augusto Pinochet nomeia-se presidente.
  • 1973-1974  |     Guerra do Yon Kippur. Israel é atacada pelo Egito e pela Síria.
  • 1973  |     Péron assume a presidência da Argentina
  • 1973  |     Primeiro choque do petróleo.
  • 1974  |     Revolução dos Cravos em Portugal. Marcelo Caetano, substituto de Salazar, é deposto.
  • 1974  |     Morre o presidente Perón. Sua esposa, a vice-presidente Maria Estela de Perón, assume a presidência da Argentina.
  • 1974  |     Richard Nixon renuncia para escapar do processo de seu impeachmentcomo presidente dos EUA em razão do escândalo Watergate.
  • 1975  |     O governo do Vietnã rende-se ao Vietcongue
  • 1975  |     Morre o general Francisco Franco, que governava a Espanha desde 1939. O príncipe Juan Carlos Borbón assume o trono.
  • 1976  |     Golpe depõe a presidente argentina Maria Estela Martínez de Perón. Assume o poder uma junta militar. Rafael Videla é designado presidente.
  • 1976  |     Protestos da população negra contra o apartheidprovocam violentos conflitos em Soweto
  • 1976  |     Depois da morte do papa Paulo VI, o Colégio dos Cardeais, reunido em Roma, elege para substitui-lo o cardeal patriarca de Veneza, Albino Luciani, João Paulo I,  que morre 33 dias depois.
  • 1977  |     O Camboja anuncia que seu território foi invadido pelo Vietnã e corta relações com Hanói.
  • 1978  |   Brasil — Leonel Brizola, até então residente no Uruguai, muda-se para Portugal, onde inicia contatos com socialistas e social-democratas.
  • 1979  |     O aiatolá Khomeini proclama a República Islâmica do Irã.
  • 1979  |     Margaret Tatcher é designada primeir-ministra.
  • 1979  |   Brasil — Leonel Brizola retorna ao Brasil. Em 1980, o General Golbery articula a dação da sigla PTB para Ivete Vargas e Brizola funda o PDT.
  • 1982  |   Brasil — Brizola é eleito Governador do Rio de Janeiro. A eleição é marcada por acusações de fraude, no escândalo da Proconsult.
  • 1985  |     Brasil – Em janeiro de 85, Tancredo Neves é eleito, mas adoece e morre. José Sarney, vice, assumiu, com toda a instabilidade política e econômica.
  • 1989  |     Brasil – Em 1989, Fernando Collor é eleito. Brizola fica em terceiro lugar no pleito e apoia Lula no segundo turno.
  • 1989-11-09   |   A queda do Muro de Berlim
  • 1990-10-03   |   A Reunificação da Alemanha
  •                      |   Mapa dos Estados da Alemanha
  • 1992  |     Brasil — Fernando Collor sofre um processo de destituição. Assume Itamar Franco, o vice.
  • 1994  |     Brasil – Fernando Henrique veio depois, com o capital político do Plano Real, de ter estabilizado a moeda, e a emenda da reeleição dá mais estabilidade à figura do presidente da República. Mesmo assim, passa por vários pedidos de impeachment.
  • 1998  |   Brasil — Brizola se candidata a Vice-Presidente na chapa de Lula. Perdem a eleição para FHC.
  • 2005  |   Angela Merkel, Deutsche Budeskanzlerin (v. aqui)
  • 2014-05-29   |   Germany: Land of opportunity?
  • 2014    |   Estagflação no Brasil